imagem-featured.jpg
madeira.jpg

TODO CUIDADO E RESPEITO COM A VIDA NO CAMPO

Boas-Praticas-Umbicura-1.png

Melhor para todos

O bom manejo de bezerros melhora o bem-estar dos animais e eficiência do trabalho, oferecendo:

•  Desmame precoce;

•  Melhor desenvolvimento e ganho de peso dos animais;

•  Menos doenças;

•  Menores chances de óbito.

numero-1.png

Primeiros Cuidados

Boas-Praticas-Umbicura-5.png

Sempre que possível, acompanhe o parto dos animais, ajudando quando necessário. Fique atento se o bezerro realizou a primeira mamada nas 3 primeiras horas de vida. Caso não tenha certeza, verifique os seguintes sinais:

Boas-Praticas-Umbicura-2.png

BEZERRO fraco e COM o Vazio FUNDO

Primeiro, observe se o animal está debilitado, com fraqueza e com a região abdominal do vazio muito funda.

detalhe.png
Boas-Praticas-Umbicura-3.png

TETOS CHEIOS E BRILHANTES

Depois, verifique o volume e aparência dos tetos da vaca. Se estiverem volumosos e brilhantes é muito provável que o bezerro precisará de ajuda para mamar.

detalhe.png
numero-2.png

contenção

Depois de pelo menos 6 horas do nascimento, separe o bezerro da mãe para a cura do umbigo e identificação. Para contê-lo, aproxime-se dele calmamente e siga as instruções:

Boas-Praticas-Umbicura-6.png

Passo 1

Segure o bezerro pela virilha e por baixo do pescoço. Use sua perna direita ou esquerda e projete o bezerro para frente para desequilibrá-lo.

Boas-Praticas-Umbicura-7.png

Passo 2

Apoie o corpo do bezerro na sua perna projetada e faça com que ele escorregue até o chão. Sem quedas e sem pancadas.

Boas-Praticas-Umbicura-8.png

Passo 3

Com cuidado, coloque o bezerro deitado no chão e segure-o firme. Jamais apoie o peso do seu corpo sobre ele.

numero-3.png

cura do umbigo

A cura com Umbicura pode ser feita de duas maneiras: esguichando o produto dentro do umbigo ou imergindo o umbigo na solução.

Boas-Praticas-Umbicura-9.png

1. Aplicação dentro do umbigo

Com as mãos limpas e o bezerro deitado de lado, jorre uma quantidade generosa de Umbicura por dentro do umbigo. Use sua mão livre para movimentar o umbigo e aumentar sua abertura enquanto aplica. Se tiver dificuldades, peça ajuda.

Boas-Praticas-Umbicura-10.png

2. Imersão na solução

Com as mãos limpas, coloque Umbicura em um recipiente que consiga imergir todo umbigo.

Deixe agir por pouco mais de 30 segundos. É recomendado trocar a solução após uso em 5 bezerros ou a cada 2 dias, o que vier primeiro.

Recomenda-se cortar o umbigo apenas quando for muito comprido ao ponto de encostar no chão. Nesses casos, use uma tesoura limpa e desinfetada com Umbicura e corte o umbigo, deixando-o com cerca de 10 cm de comprimento (5 dedos).

 

Em casos específicos, como os de bezerros muito fracos ou com umbigo inflamado é recomendado auxílio do veterinário responsável.

Referências:

  • Boas práticas de manejo, bezerros leiteiros / Mateus José Rodrigues Paranhos da Costa, Lívia Carolina Magalhães Silva. - Jaboticabal : Funep, 2011. Revisado em 2014.

  • Boas Práticas de Manejo, Bezerros ao Nascimento / Mateus J. R. Paranhos da Costa, Anita Schmidek, Luciandra Macedo de Toledo. - Jaboticabal : Funep, 2006. Revisado em 2014.

paisagem.png